quinta-feira, 20 de setembro de 2012

NOTA DE FALECIMENTO: Tarauacá perde mais um de seus filhos ilustres

José Raniere de Souza Prado - 1963 - 2012
A família PRADO, comunica aos amigos, parentes e à toda a comunidade Tarauacaense, o falecimento de José Raniere de Souza Prado, ocorrido na Cidade de São Paulo por volta das 10:30h deste dia 19/09/2012. O corpo está sendo transladado para Rio Branco e em seguida para Tarauacá, onde será velado e sepultado. Raniere deixa três filhas, a viúva, sobrevivia com investimentos em criação de gado e por muitos anos foi craque da seleção de futebol de Tarauacá. 

carol, ursula. yeda 


quarta-feira, 12 de setembro de 2012


Ministério Público quer saber se representação de Jordão em Tarauacá é cabide de emprego

A promotora de Justiça de Tarauacá, Eliane Misae Kinoshita, instaurou inquérito civil para investigar a prefeitura de Jordão. O Ministério Público Estadual descobriu que o Prefeito Hilário de Holanda montou uma representação no município, numa pequena casa, na qual, deveriam estar trabalhando 32 pessoas. Quando a Promotora foi até o local encontrou apenas alguns desses funcionários. A primeira pessoa a ser entrevistada, disse que trabalhava para a prefeitura, mas não sabia o cargo. Depois, o MP descobriu que a mulher estava contratada como Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. A representação serve como escritório da Prefeitura de Jordão em Tarauacá. 
O que a promotora não entende é porque tantos servidores. Além disso, no livro de ponto só alguns assinam. Dentre os funcionários da representação estão quatro secretários, vigias, professores e outros sem função definida. O caso mais estranho foi a contratação de um agente da vigilância sanitária, que deveria atuar exclusivamente em Jordão e não em Tarauacá. 
O MPE requisitou informações a prefeitura de Jordão. A promotora Eliane Misae Kinoshita quer saber por que tantos servidores, e, quanto isso está custando para os cofres do município, que é considerado um dos mais pobres do país. A investigação pode apontar que a representação está servindo de cabide de emprego. Se ficar comprovado o prefeito pode responder por improbidade administrativa.

Adaílson Oliveira, Da TV Gazeta



Ex-coordenador do núcleo da SEE é preso por fraudar contratos provisórios

Jeicilan da Silva Fabrício, que coordenou o Núcleo da Secretaria Estadual de Educação em Rodrigues Alves foi preso na manhã de hoje (11). Ele é acusado de falsidade ideológica, emissão de atestados falsos de contratação e prestação de serviços, apropriação indevida de verbas públicas e simulação de contratação de funcionários.

O Ministério Público do Acre ofereceu denúncia contra ele e mais duas pessoas: Ricardo Oliveira Maciel e Ronned Vilk da Silva Ferreira, que se beneficiaram do esquema.

Segundo o promotor de Justiça Fernando Régis Cembranel, a contratação de vigilantes e serventes nas escolas da rede pública de Rodrigues Alves não poderia ultrapassar o prazo de três meses. Porém, para manter os mesmos prestadores de serviços por prazo superior ao permitido, Jecilian simulava a contratação de terceiros. “Ele exigia dos efetivos prestadores de serviços que lhe trouxessem cópia dos documentos pessoais de outros indivíduos”, explica.

O ex-coordenador também inseriu dados pessoais de 62 pessoas nas planilhas dos prestadores de serviços de apoio das escolas estaduais de Rodrigues Alves de forma fraudulenta e as encaminhou à Secretaria de Estado de Educação para providências de contratação.

Dessa forma, o Estado passou a pagar por serviços que jamais foram prestados pelas pessoas indicadas. “Na qualidade de diretor do Núcleo, Jecilian simulou a contratação temporária de prestadores de serviços de apoio para as funções de vigia e servente, inserindo dados falsos em planilhas destinadas especificadamente à contração desses prestadores de serviços”, afirma o promotor.

Além de inserir dados falsos para criar obrigações para o Estado, Jecilian atestou notas fiscais de prestação de serviços para que os contratados por ele recebessem o pagamento em agências bancárias, por meio de ordem de pagamento, portando documentos pessoais de outros indivíduos.

“Ele exigiu que pessoas que dependiam dele para continuar prestando serviços à Secretaria de Estado de Educação lhe trouxessem documentos pessoais de parentes e pessoas de confiança”, explica Fernando Cembranel.

Com informações do MP/AC

Vida Louca!


FIM DO PÂNICO EM TARAUACÁ: Policia prende "Vida Louca" acusado de vários assassinatos

Vida Louca preso

O pânico que tomou conta do município de Tarauacá em decorrência de uma ação violenta de um homem conhecido popularmente como "Vida Louca" pode ter chegado ao fim nesta quarta feira, 12 de setembro. 

Suspeito de assassinar duas pessoas em Rio Branco e mais duas em Tarauacá, Francisco Rodrigues da Silva, 24 anos, o "VIDA LOUCA" foi preso, na madrugada desta quarta feira, por policiais do Grupamento Especial da Polícia Militar de Tarauacá (COE). 

A PRISÃO: Sete policiais foram até o Seringal Penedo, há sete horas de barco subindo o Rio Tarauacá e se embrenharam na mata. No momento da prisão "Vida Louca " se encontrava deitado numa rede na casa de familiares que residiam na localidade, o que não deu tempo do mesmo reagir.

OS CRIMES: Vida Louca é suspeito de matar um cidadão à pauladas, foi preso e a justiça concedeu liberdade ao mesmo. Não demorou muito e o mesmo teria cometido um crime bárbaro cortando a garganta de um trabalhador, pra roubar o dinheiro e ainda jogou seu corpo num igarapé;

O PÂNICO: Informações que chegavam até a polícia dão conta de que o mesmo tinha uma lista de pessoas que seriam seus desafetos e que estavam marcados para morrer. Na zona rural e na cidade havia um pânico generalizado nas pessoas com medo do Vida Louca.

A CHEGADA: Quando a Polícia desembarcou na manhã de hoje com Vida Loca preso, encontrou um grande número de pessoas à margem do rio. Os policiais foram aplaudidos demoradamente pela população.

PRESO: Vida louca está preso e entregue ao Delegado de Polícia Local para os procedimento investigatórios.































Fonte: Blog do Accioli-TK